DESTAQUE

Willian valoriza período de avaliações do Palmeiras na Academia

Willian valoriza período de avaliações do Palmeiras na Academia
Com a volta aos treinos marcada para o dia 1º de julho, o Palmeiras iniciou na última terça-feira uma série de avaliações na Academia de Futebol. O atacante Willian valorizou o cronograma estabelecido pelo clube após mais de três meses de inatividade por conta da pandemia de covid-19. "É superimportante esse período de avaliação que…

Com a volta aos treinos marcada para o dia 1º de julho, o Palmeiras iniciou na última terça-feira uma série de avaliações na Academia de Futebol. O atacante Willian valorizou o cronograma estabelecido pelo clube após mais de três meses de inatividade por conta da pandemia de covid-19.

“É superimportante esse período de avaliação que estamos fazendo, até porque nunca ficamos durante 90 dias sem uma atividade regular. Então, temos que enfatizar todo o trabalho, a estrutura e suporte que o Palmeiras está tendo com os atletas e funcionários. Vamos continuar firmes e fortes para tudo voltar ao normal”, afirmou.

Sob rígido protocolo de segurança, o Palmeiras iniciou avaliações físicas, fisiológicas e bioquímicas na Academia de Futebol. Com as análises, a ideia é averiguar e corrigir as perdas e deficiências que o longo período de afastamento dos treinos específicos possa ter causado a cada atleta.

As atividades foram realizadas ao ar livre, utilizando simultaneamente as áreas externas e os três campos do centro de treinamento. O elenco foi dividido em duas turmas, que se apresentaram em horários diferentes e, logo na entrada, passaram por processo de triagem, com aferição da temperatura corporal.

Após serem pesados, os grupos foram submetidos a avaliações de força e equilíbrio muscular e a avaliações físicas específicas em deslocamento pelo gramado. Após o fim dos trabalhos, todos foram orientados a higienizar as mãos e recolocar as máscaras antes de voltar aos veículos e seguir diretamente para casa.

Os kits de suplementação, hidratação e refeição pós-treino foram colocados em bolsas térmicas individualizadas e cada atleta teve à disposição uma estação individual de descanso e hidratação, posicionadas 20 metros uma das outras pela lateral dos campos.

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Fonte