ARENA PALMEIRAS

Verdão planeja time de 2020 a partir de exigência maior e campo sintético

Verdão planeja time de 2020 a partir de exigência maior e campo sintético
Mano Menezes não quis responder se haverá uma reformulação grande no Palmeiras, mas citou pontos que norteiam o planejamento de 2020. O principal é a exigência maior por desempenho a partir desta temporada, seguido por um estilo de jogo adequado ao Allianz Parque, que passará a ter campo sintético. Mano Menezes conversa com Dudu durante…

Mano Menezes não quis responder se haverá uma reformulação grande no Palmeiras, mas citou pontos que norteiam o planejamento de 2020. O principal é a exigência maior por desempenho a partir desta temporada, seguido por um estilo de jogo adequado ao Allianz Parque, que passará a ter campo sintético.

Mano Menezes conversa com Dudu durante a derrota para o Fluminense (Foto: Cesar Greco)

Mano Menezes conversa com Dudu durante a derrota para o Fluminense (Foto: Cesar Greco)

Foto: Lance!

– A exigência no futebol brasileiro era uma, e para esta exigência o Palmeiras estava muito bem preparado, assim como outras equipes. Isto proporcionou ao Palmeiras nos últimos três anos ganhar duas vezes o Brasileiro. O parâmetro mudou, o Flamengo subiu a exigência e temos de fazer a leitura correta para enfrentar o novo adversário, mais tudo, que é o que estamos vendo no fim da temporada – explicou.

– O torcedor passa a querer outro futebol, a mídia trabalha em cima deste outro futebol. Temos de nos preparar para atender, ou vamos sofrer críticas, seremos cobrados e os trabalhos não terão sequência. É a nova realidade – reforçou.

-> Veja a classificação do Brasileiro e use o simulador!

Desde que chegou, Mano diz que precisava fazer o Palmeiras jogar melhor tendo a bola no pé. Inicialmente, a equipe deu resposta, mas vive agora um de seus piores momentos no Brasileiro, sem vencer há quatro rodadas – são dois empates e duas derrotas. No domingo, receberá o Flamengo no Allianz Parque.

Esta será a última partida do Verdão em sua arena, e provavelmente a última com campo natural. O clube e a WTorre já têm negociações adiantadas para usar o sintético na arena e em um dos gramados da Academia de Futebol. Por isso, o Palmeiras precisará ter jogadores para um estilo mais rápido e de mais qualidade.

– O gramado sintético também vai estabelecer uma nova maneira de jogar ao Palmeiras e pode influenciar nas características dos jogadores para um jogo mais rápido, de capacidade técnica ainda maior, de controle de bola, de proposta de jogo. São as colocações que temos de atender – pontuou.

Ainda que Mano tenha se esquivado, a expectativa é de uma reformulação considerável para 2020. Fernando Prass, Jailson, Edu Dracena e Henrique Dourado são os jogadores do atual elenco com vínculo só até dezembro. Atletas com desempenho abaixo do esperado devem ser negociados, seja por empréstimo ou de forma definitiva.

Já as contratações serão em menor número, em busca de jogadores que realmente resolvam carências. O grupo será abastecido com cinco jogadores das categorias de base (Esteves, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Angulo e Veron), além de outros três que voltam de empréstimo (Vinicius Silvestre, Pedrão e Artur).

Lance!

Fonte