PALMEIRAS

Porsche Taycan Cross Turismo: Todo-o-terreno elétrico a partir de 99.718 euros

Porsche Taycan Cross Turismo: Todo-o-terreno elétrico a partir de 99.718 euros
A Porsche acaba de lançar no nosso país a nova variante cem por cento elétrica Taycan Cross Turismo. Linhas coupé desportivas, polivalente, quatro portas, mais espaço interior para os ocupantes dos lugares traseiros e uma capacidade de carga que vai dos 445 aos 1.400 litros, o novo modelo está disponível desde o lançamento em quatro…

A Porsche acaba de lançar no nosso país a nova variante cem por cento elétrica Taycan Cross Turismo.

Linhas coupé desportivas, polivalente, quatro portas, mais espaço interior para os ocupantes dos lugares traseiros e uma capacidade de carga que vai dos 445 aos 1.400 litros, o novo modelo está disponível desde o lançamento em quatro versões. A bateria Performance Plus, com uma capacidade de 93,4 kWh, é proposta de série nos quatro modelos.


A gama é composta da seguinte forma:


Taycan 4 Cross Turismo com 380 cv, potência em overboost com Launch Control de 476 cv, aceleração 0-100 km/h em 5,1 segundos, velocidade máxima de 220 km/h, autonomia (WLTP) de 389 – 456 km – (99.718 euros);


Taycan 4S Cross Turismo com 490 cv, potência em overboost com Launch Control de 571 cv, aceleração 0-100 km/h em 4,1 segundos, velocidade máxima de 240 km/h, autonomia (WLTP) de 388 – 452 km – (116.401 euros);


Taycan Turbo Cross Turismo com 625 cv, potência em overboost com Launch Control de 680 cv, aceleração 0-100 km/h em 3,3 segundos, velocidade máxima de 250 km/h, autonomia (WLTP) de 395 – 452 km – (160.435 euros);


Taycan Turbo S Cross Turismo com 625 cv, potência em overboost com Launch Control de 761 cv, aceleração 0-100 km/h em 2,9 segundos, velocidade máxima de 250 km/h, autonomia (WLTP) de 388 – 419 km – (194.875 euros).


Tal como a berlina Taycan, o novo Cross Turismo beneficia de um conjunto propulsor com arquitetura de 800 volts. O chassis com tecnologia de ponta, tração integral (um motor em cada eixo) e suspensão pneumática adaptativa é de série nas quatro versões.



Opcionalmente, o Pacote de Design Offroad aumenta a altura ao solo em até 30 mm, o que significa que o Cross Turismo também pode ser conduzido em pisos de todo-o-terreno mais difíceis. O “Modo Gravel”, oferecido de série, incrementa a capacidade para o novo modelo circular sobre pisos irregulares.


Visualmente, o Taycan Cross Turismo identifica-se com o protótipo Mission E Cross Turismo apresentado em 2018 no Salão de Genebra.


A sua silhueta é definida pela linha de tejadilho desportiva que desce em direção à traseira – apelidada como “flyline” pelos ‘designers’ da Porsche. Os elementos de ‘design’ Offroad incluem estribos laterais, proteções das cavas das rodas, para-choques exclusivos e saias laterais.


Especificamente para o Taycan Cross Turismo, a Porsche desenvolveu um sistema de transporte capaz de transportar até três bicicletas na traseira. Pode ser utilizado universalmente para diferentes tipos de bicicletas.


Uma das suas características inovadoras é o facto de a porta da bagageira poder ser aberta mesmo quando o sistema de transporte está a ser utilizado. Ao mesmo tempo, a Porsche lançou duas bicicletas elétricas – a eBike Sport (10.158 euros) e a eBike Cross (8.125 euros) – com quadro em carbono e apoio do motor até aos 25 km/h.

Nova berlina Taycan com tração traseira

A Porsche acaba de lançar também uma nova versão da sua berlina elétrica Taycan com tração traseira com um preço de 89.263 euros, que vem juntar-se ao Taycan Turbo S (193.399 euros), Taycan Turbo (158.959 euros) e Taycan 4S (110.866 euros).


Está disponível com dois modelos de bateria: com a bateria Performance, de série (79,2 kWh), disponibiliza 408 cv em overboost com Launch Control; este valor sobe para um total 476 cv quando equipado com a opcional bateria Performance Plus (93,4 kWh). A potência nominal é de 326 cv ou 380 cv e a autonomia, de acordo com o ciclo WLTP, é até 431 ou até 484 quilómetros, respetivamente.


Acelera dos zero aos 100 km/h em 5,4 segundos, seja qual for a especificação da bateria e a velocidade máxima é de 230 km/h em ambas as configurações, enquanto a capacidade máxima de carregamento é de 225 kW (Bateria Performance) ou de 270 kW (Bateria Performance Plus). Ambas as baterias podem assim ser carregadas de cinco a 80 por cento em 22,5 minutos e a energia para percorrer 100 quilómetros é obtida em apenas cinco minutos.


Tal como nas restantes versões da gama, a lista de equipamento opcional integra elementos como o ‘head-up display’ a cores e o carregador de bordo com 22 kW de capacidade de carga.

As características que distinguem o Taycan dentro da gama são as jantes Taycan Aero de 19″ e as pinças de travão em preto. O ‘spoiler’ do para-choques dianteiro, as saias laterais e o difusor traseiro em preto são os mesmos que encontramos no Taycan 4S. Os faróis em LED são de série.



Também de série, o Taycan oferece um interior parcialmente em pele, assim como bancos dianteiros comfort com regulação elétrica em oito vias e duas bagageiras: 84 litros à frente e 407 litros atrás.

Fonte