DESTAQUE

Palmeiras | Felipe Melo se diz torcedor do Boca na Argentina

Palmeiras | Felipe Melo se diz torcedor do Boca na Argentina
Apesar de nunca ter defendido um clube argentino na carreira, Felipe Melo revelou sua admiração pelo Boca Juniors e falou sobre seu estilo de jogo, que é constantemente comparado com o dos 'hermanos'. Em entrevista ao Clarín, o volante do Palmeiras disse que se identifica com o estilo de jogo dos argentinos."Deixar a alma em…

Apesar de nunca ter defendido um clube argentino na carreira, Felipe Melo revelou sua admiração pelo Boca Juniors e falou sobre seu estilo de jogo, que é constantemente comparado com o dos ‘hermanos’. Em entrevista ao Clarín, o volante do Palmeiras disse que se identifica com o estilo de jogo dos argentinos.

“Deixar a alma em campo. O futebol brasileiro é diferente, é o samba, o ‘tiki-taka’. Por isso as pessoas dizem que sou quase um argentino. Mas sou brasileiro e amo meu país. Me encanta como jogam os argentinos e como eles vivem o futebol. E os argentinos não são só as ‘patadas’; o melhor jogador da história, que para mim é o Messi, não faz isso”, considerou o jogador.

Mas, quando questionado se ainda pretende defender um clube da Argentina, Melo aproveitou para projetar a data em que deve deixar o futebol.

“Eu penso no presente. A única coisa que sei do futuro é que falta pouco para eu deixar o futebol. Não sei se dois, três, quatro anos, mas passa rápido. Tempos atrás eu era uma criança que tinha o sonho de ser jogador de futebol, e agora, em alguns anos, encarrarei minha linda carreira”, disse.

“Mas claro que o futebol e a torcida argentina são impressionantes, vejo na televisão, em vídeos no Youtube. A torcida argentina te dá vontade de chorar. Eu joguei no futebol turco e os torcedores de lá são tão loucos como os argentinos”, acrescentou o jogador.

E, mesmo que defenda o Palmeiras desde 2017 e tenha uma grande identificação com a torcida alviverde, Felipe Melo revelou que o Boca Juniors é o seu time do coração na Argentina.

“Eu sou torcedor do Boca, sempre disse: me encanta a torcida, todo o ‘mundo’ do Boca, tenho ídolos do Boca. Mas é difícil dizer se vou jogar no Boca ou se vou sair do Palmeiras”, contou o atleta, ressaltando que não recebeu nenhuma proposta do clube argentino.

Envolvimento com política e apoio a Bolsonaro

Durante a campanha eleitoral para a presidência do Brasil em 2018, Felipe Melo não escondeu seu apoio ao atual presidente, Jair Bolsonaro. Também em entrevista ao jornal argentino, o jogador expôs seus motivos para a escolha política.

“Eu comecei a apoiar o Bolsonaro antes da campanha [presidencial], muito antes, fui o primeiro. Porque me encantava a maneira que ele conduzia a situação. Política é uma coisa e futebol é outra, eu não entendo nada de política, mas vi que era um homem que poderia melhorar a realidade do meu país”, disse.

“Hoje graças a Deus tenho amizade com ele, conversamos sempre que ele pode e é um homem que não mudou nada, segue sendo igual. Gosto de como ele faz as coisas. Mas se outro candidato tivesse ganhado [a eleição], eu também iria querer que as coisas mudassem no meu país”, finalizou Felipe Melo.

Fonte