DESTAQUE

O jogo dos peixes, do Palmeiras e Ronaldinho na prisão

O jogo dos peixes, do Palmeiras e Ronaldinho na prisão
Santos e Palmeiras jogam hoje à noite pela Libertadores no papel de anfitriões. O Santos às 19h15, na Vila Belmiro, contra o Delfín, em 14ºlugar no Campeonato Equatoriano, com apenas uma vitória e três derrotas em quatro jogos.O jogo será com portões fechados, em punição ao Santos pelo distúrbios, no Pacaembu, dois anos atrás, quando…

Santos e Palmeiras jogam hoje à noite pela Libertadores no papel de anfitriões.

O Santos às 19h15, na Vila Belmiro, contra o Delfín, em 14ºlugar no Campeonato Equatoriano, com apenas uma vitória e três derrotas em quatro jogos.

O jogo será com portões fechados, em punição ao Santos pelo distúrbios, no Pacaembu, dois anos atrás, quando a equipe foi eliminada pelo Independiente.

Peixe contra peixe, baleia x Delfín.

Já Palmeiras recebe o Guaraní, na casa verde, às 21h30.

O Guaraní está em quarto lugar no Campeonato Paraguaio, com 14 pontos em sete jogos, cinco pontos atrás do líder Libertad.

Se o Delfín é um ilustre desconhecido, o Guaraní, ao contrário, já eliminou o Corinthians duas vezes da Libertadores, motivação a mais para os palmeirenses mostrarem aos arquirrivais como se faz para derrotá-lo.

E se a querida ouvinte e o caríssimo ouvinte estão estranhando a ausência de comentários sobre a prisão de Ronaldinho, eu tenho apenas dois: Ronaldinho está para o irmão dele, Assis, assim como Neymar está para o seu pai.

E não passa de um tonto, como, aliás, disse o advogado dele.

Comentário para o Jornal da CBN desta terça-feira, 10 de março de 2020.

Fonte