LIBERTADORES

Mauro Cezar | Time do Palmeiras ainda está muito estagnado

Mauro Cezar | Time do Palmeiras ainda está muito estagnado
Classificação e JogosLibertadores O Palmeiras entra em campo na noite de hoje (10) para seu segundo jogo na fase de grupos da Copa Libertadores, diante do Guaraní, do Paraguai, no Allianz Parque, a partir das 21h30. Mas o desempenho do time na partida anterior, na vitória sobre o Tigre, não causou boa impressão.No segundo bloco…
Classificação e Jogos

O Palmeiras entra em campo na noite de hoje (10) para seu segundo jogo na fase de grupos da Copa Libertadores, diante do Guaraní, do Paraguai, no Allianz Parque, a partir das 21h30. Mas o desempenho do time na partida anterior, na vitória sobre o Tigre, não causou boa impressão.

No segundo bloco do podcast Posse de Bola #23, o jornalista Mauro Cezar Pereira analisa a situação do time treinado por Vanderlei Luxemburgo, que prometeu em sua chegada um futebol mais ofensivo que o praticado durante o ano passado com Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes.

Mauro analisa a partida de estreia do Palmeiras na Libertadores, na vitória por 2 a 0 diante do Tigre, e vê um futebol muito mais parecido com o de Felipão do que com o proposto por Luxemburgo.

“Estamos falando de um time fraco, e o Palmeiras vencia por 1 a 0. Fez o gol e logo depois vai para o seu campo, espera e tome ligação direta, e tome rebatida. Isso era o jogo do Felipão em 2018, que chegou-se à conclusão que funcionou em determinado momento, mas que não dava mais e não dá mais. Quem ganhou Libertadores jogando assim? Ninguém! É só pegar os campeões da Libertadores”, afirma o jornalista (disponível no vídeo a partir de 41:50).

“Aqui no Brasil esse joguinho servia até o ano retrasado, ano passado passou longe de servir, então o Palmeiras precisa mudar. Aí o técnico quando discursa, fala ‘vamos jogar de forma mais proativa’, não é o que estamos vendo”, completa.

Mauro Cezar acredita que o Palmeiras precisa ser mais criterioso em sua avaliação agora, pois ainda está em início de temporada, antes que seja tarde para corrigir.

“O time vive do quê? De lampejos individuais. Não tem evolução, está tudo parado na mesma, não consegue avançar. O Palmeiras está estagnado e se demorar a perceber, se não abrir o olho, quando perceber é tarde demais. Ou o trabalho dele passa a ser avaliado para valer, não o passado, o presente”, conclui o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Fonte