VANDERLEI LUXEMBURGO

Luxemburgo minimiza racismo no futebol: “Nada mais é do que bobagem”

Luxemburgo minimiza racismo no futebol: “Nada mais é do que bobagem”
EDIÇÃO DIGITAL Leia O DIA a qualquer hora com comodidade e agilidade direto do seu computador, tablet e celular. Assine Já! Treinador do Palmeiras disse que não acredita que uma 'brincadeira' possa ser considerada racismo Por O Dia Publicado às 10h56 de 04/06/2020 - Atualizado às 11h06 de 04/06/2020 Vanderlei Luxemburgo - Van Gomes/Parceiro/Agência O…

Treinador do Palmeiras disse que não acredita que uma ‘brincadeira’ possa ser considerada racismo

Por
O Dia


Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo –

Rio – O técnico Vanderlei Luxemburgo deu uma declaração polêmica nesta quinta-feira. Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, o treinador minimizou o racismo no futebol e afirmou que, em muitos casos, tudo não passa de “brincadeira”.

“Essa questão aflorou muito nos Estados Unidos. É uma discussão bem doida para se chegar ao consenso. O que houve lá foi brutal, foi uma covardia. Aqui no Brasil existem algumas situações. Mas eu vejo em algumas situações que se tratam como racismo o que é totalmente desnecessário se tratar como racismo. Isso o que aconteceu é racismo. Existiu uma ira, uma raiva. Da mesma forma como morreu, morre muito branco também de formas agressivas, de sacrificar. Acho que os atos de racismo no futebol são provocados e eu achava que deveriam ser deixado de lado. Dão muito prestígio, muito moral à maneira como se trata o racismo no futebol. Nada mais é do que uma bobagem, ao meu ver. Aquilo, sim, que o cara fez (nos Estados Unidos) é racismo puro. Mas no futebol o cara brincar com o outro, gozar o outro para desestabilizar o camarada, dizer que aquilo ali é ato de racismo, não sei. Mas é uma discussão longa”, disse Luxemburgo.


Fonte