ARENA PALMEIRAS

Gabriel Menino conclui período de isolamento e reforça Palmeiras contra o Goiás

Gabriel Menino conclui período de isolamento e reforça Palmeiras contra o Goiás
O técnico português Abel Ferreira ganhou, enfim, uma notícia boa: Gabriel Menino está livre da covid-19 e vai reforçar o Palmeiras contra o Goiás no sábado, às 19 horas, em Goiânia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Seu período de isolamento termina nesta sexta-feira. Gabriel Menino testou positivo para o coronavírus em seu segundo teste…

O técnico português Abel Ferreira ganhou, enfim, uma notícia boa: Gabriel Menino está livre da covid-19 e vai reforçar o Palmeiras contra o Goiás no sábado, às 19 horas, em Goiânia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Seu período de isolamento termina nesta sexta-feira.

Gabriel Menino testou positivo para o coronavírus em seu segundo teste na seleção brasileira, no dia 11. Ele, então, foi cortado dos jogos contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022. Desde então, o meio-campista, que tem atuado como lateral-direito, ficou afastado dos treinamentos, isolado em casa.

O jogador viaja para Goiânia no sábado, dia da partida diante do Goiás. A delegação palmeirense embarcou de São Paulo rumo à capital goiana nesta sexta-feira. Gabriel Menino é o segundo caso de atleta recuperado da covid-19. O zagueiro Luan foi o primeiro e também está à disposição de Abel Ferreira para o duelo do Brasileirão.

Gabriel Menino pode ser escalado na lateral ou no meio de campo. Portanto, vai ocupar o lugar de Marcos Rocha ou Ramires. A tendência é de que, com a escassez de meio-campistas, seja utilizado no setor, mas mais adiantado, próximo de Lucas Lima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A lista de desfalques, porém, ainda é muito extensa. São 18 atletas diagnosticados com a doença, incluindo Willian, Raphael Veiga, Breno Lopes, Aníbal e Alanzinho, os últimos a serem contaminados no surto que atingiu em cheio o plantel. Os outros infectados são: Jailson, Vinicius Silvestre, Matías Viña, Alan Empereur, Benjamín Kuscevic, Danilo, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Gabriel Silva, Rony, Gabriel Veron, Marino Hinestroza e Pedro Acacio.

Além deles, as outras baixas são Felipe Melo e Wesley, que se recuperam de cirurgia e só devem voltar a jogar em 2021, Luan Silva, também lesionado, e Zé Rafael, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos.

Estadão Conteúdo

Fonte