GALIOTTE

FPF promete fim em campo e condiciona volta a aval das autoridades

FPF promete fim em campo e condiciona volta a aval das autoridades
Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF, participou da conferência A Federação Paulista de Futebol (FPF) e os clubes que disputam o torneio estadual participaram de reunião virtual nesta segunda-feira. Por meio de comunicado oficial, a entidade prometeu encerrar o campeonato em campo e condicionou a retomada das atividades ao aval das autoridades sanitárias estaduais e…

Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF, participou da conferência

A Federação Paulista de Futebol (FPF) e os clubes que disputam o torneio estadual participaram de reunião virtual nesta segunda-feira. Por meio de comunicado oficial, a entidade prometeu encerrar o campeonato em campo e condicionou a retomada das atividades ao aval das autoridades sanitárias estaduais e municipais.

“O Campeonato Paulista será finalizado, sim, em campo. No entanto, temos a convicção de que o momento é de cuidado com a saúde e a vida de todos os brasileiros. Assim, seguiremos todos os prazos e protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades”, diz a nota.

Com o Campeonato Paulista paralisado após a 10ª rodada em função da pandemia de covid-19, os presidentes José Carlos Peres (Santos), Carlos Augusto de Barros e Silva (São Paulo), Maurício Galiotte (Palmeiras) e Andrés Sanchez (Corinthians) representaram os quatro clubes grandes do estado.

“O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas”, diz o comunicado.

Os clubes também decidiram retomar os treinamentos de forma conjunta, na mesma data, que será determinada após a liberação das autoridades sanitárias. A FPF e seus filiados ainda lamentaram profundamente as milhares de mortes causadas no Brasil pela pandemia de covid-19.

Confira o comunicado da FPF na íntegra:

A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 – 2020 realizaram reunião virtual nesta segunda-feira, 4 de maio de 2020, a fim de atualizar os acontecimentos em decorrência da Pandemia de COVID-19 e a retomada do futebol, quando esta for autorizada. Neste sentido, prezando pela transparência, listamos abaixo os temas tratados na videoconferência:

– A Federação Paulista de Futebol e os clubes participantes do Campeonato Paulista Série A1 lamentam profundamente as 7.025 mortes registradas no país até este domingo e nos solidarizamos com todas as famílias que perderam seus entes;

– O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas;

– Esta coesão e o compromisso com a saúde pública também se refletem no retorno aos treinos. Em comum acordo, todos os clubes decidiram voltar aos treinamentos em conjunto, na mesma data, que será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde. O mesmo prazo será aplicado à equipe de arbitragem da FPF;

– A Federação Paulista de Futebol mantém contato constante com o Governo do Estado de São Paulo e enviou o Protocolo de Retomada do Futebol, produzido pela Comissão Médica da FPF, presidida pelo Prof. Dr. Moisés Cohen. O documento contém medidas preventivas e de controle para o término da competição tão logo as autoridades permitam;

– A FPF decidiu que não realizará em 2020 a tradicional Festa de Premiação dos Melhores do Campeonato. O valor que seria investido no evento será integralmente revertido para o custeio do Protocolo de Retomada do Futebol. O mesmo acontecerá em relação ao apoio financeiro recebido pela CBF, no valor de R$ 120 mil.

Assim como milhões de torcedores, a Federação Paulista de Futebol e os clubes participantes do Campeonato Paulista Série A1 anseiam pelo retorno do futebol. O Campeonato Paulista será finalizado, sim, em campo. No entanto, temos a convicção de que o momento é de cuidado com a saúde e a vida de todos os brasileiros. Assim, seguiremos todos os prazos e protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades.

Veja também:

Editor do L! analisa possível destino de Lautaro Martínez nessa janela de transferência

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Fonte