LIBERTADORES

Exigências da Conmebol faz Neo Química Arena retirar candidatura para receber finais da Libertadores

Exigências da Conmebol faz Neo Química Arena retirar candidatura para receber finais da Libertadores
A Neo Química Arena não é mais uma das opções para receber as finais da Libertadores entre 2021 e 2023. O Corinthians desistiu de colocar o estádio como candidato devido exigências impostas pela Conmebol. A informação foi divulgada pelo colunista Marcel Rizzo, do Uol Esporte.A Neo Química Arena estava disposta a entrar na briga para…

A Neo Química Arena não é mais uma das opções para receber as finais da Libertadores entre 2021 e 2023. O Corinthians desistiu de colocar o estádio como candidato devido exigências impostas pela Conmebol. A informação foi divulgada pelo colunista Marcel Rizzo, do Uol Esporte.

A Neo Química Arena estava disposta a entrar na briga para receber as finais da Libertadores junto com outros 13 concorrentes. Conforme a reportagem, as exigências da Conmebol para que um estádio receba um desses jogos pesaram para a desistência.

A entidade não paga pelo aluguel e ainda fica com o equipamento sob sua responsabilidade por 15 dias. Dessa forma, o Corinthians teria que mandar seus jogos em outro estádio por duas semanas.

De acordo com o publicado, os administradores do Maracanã e da Arena da Baixada também deixaram a briga. Segundo a Conmebol, os estádios haviam demonstrado interesse de sediar as finais da Libertadores e Sul-Americana entre 2021 e 2023, mas não enviaram a documentação necessária para participar do processo.

Dessa forma, os estádios brasileiros que estão na briga para sediar as finais da Libertadores 2021 são o Beira-Rio, em Porto Alegre, e o Morumbi, na capital paulista. Para sediar a final da Sul-Americana, são quatro locais no Brasil: Mané Garrincha, em Brasília; Castelão, em Fortaleza; Beira-Rio, em Porto Alegre; e Arena Pernambuco, em Recife.

Veja mais em:
Neo Química Arena, Libertadores da América e Copa Sul-Americana.

Fonte