FEMININA

Estimativa aponta fatia maior de ICMS para Joinville em 2022 | Saavedra | NSC Total

Estimativa aponta fatia maior de ICMS para Joinville em 2022 | Saavedra | NSC Total
Joinville vai contar com fatia maior do ICMS no próximo ano, ainda que o índice divulgado pela Secretaria de Estado da Fazenda neste início de junho seja provisório. Pela tabela para 2022, a cidade terá direito a 8,78% dos recursos do imposto distribuídos entre os municípios. Em 2020, Joinville fica com 8,51% do retorno do…

Joinville vai contar com fatia maior do ICMS no próximo ano, ainda que o índice divulgado pela Secretaria de Estado da Fazenda neste início de junho seja provisório. Pela tabela para 2022, a cidade terá direito a 8,78% dos recursos do imposto distribuídos entre os municípios. Em 2020, Joinville fica com 8,51% do retorno do tributo estadual. Os índices passam por revisão até o final do ano, por meio de recursos administrativos da prefeitura, mas não há alterações significativas.

> Para cumprir cronograma, Joinville terá de ampliar ritmo de vacinação contra Covid

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O índice é sempre calculado conforme o movimento econômico do ano anterior. Portanto, o índice divulgado agora é referente a 2020, o primeiro ano da pandemia. O índice atual, de 2021, é baseado no desempenho de 2019. Depois de quedas contínuas desde 2014, Joinville chegará em 2022 ao segundo ano de recuperação no bolo do ICMS.

Em 2019, a prefeitura do Norte teve direito a 8,38%. Para o ano que vem, se os índices provisórios se mantiverem, Joinville fica com 8,78% e Itajaí, em segundo lugar no Estado, com 8%. Blumenau fica em terceiro, com 4% do retorno, caso os índices provisórios se confirmarem.

Apesar da recuperação nos últimos anos, Joinville ainda não alcançou o patamar do início da década passada. Em 2013, a cidade tinha direito a 9,72% da receita do ICMS distribuída entre os municípios. O retorno do ICMS é a principal fonte de recursos da prefeitura de Joinville, com R$ 535 milhões recebidos nos últimos 12 meses. O montante é equivalente a arrecadação somada de IPTU, ISS e ITBI (R$ 540 milhões em 12 meses).

> Joinville pede informações sobre critérios de distribuição de vacinas contra Covid

> Nova lei dos pedágios poderá ter impactos também no tráfego “urbano” da BR-101 em Joinville 

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Fonte