GALIOTTE

Antes de clássico | Organizada do Palmeiras faz protesto na porta do CT, em SP

Antes de clássico | Organizada do Palmeiras faz protesto na porta do CT, em SP
Integrantes da torcida organizada Mancha Alviverde fizeram um protesto na porta da Academia de Futebol, centro de treinamentos do Palmeiras, hoje, véspera do clássico com o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. Torcedores se reuniram em frente ao CT com faixas e gritos, incluindo ameaças ao técnico Luiz Felipe Scolari."Ô Felipão, vai se f..., se não ganhar…

Integrantes da torcida organizada Mancha Alviverde fizeram um protesto na porta da Academia de Futebol, centro de treinamentos do Palmeiras, hoje, véspera do clássico com o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. Torcedores se reuniram em frente ao CT com faixas e gritos, incluindo ameaças ao técnico Luiz Felipe Scolari.

“Ô Felipão, vai se f…, se não ganhar amanhã, é você quem vai morrer”, cantou o grupo em alguns momentos. Outro cântico foi “Bando de c…, ganhar dos gambás não é mais que obrigação”. Entre os dizeres das faixas, estavam frases como “Diretoria omissa”, “Felipão, dono do Verdão?”, “Clássico vale vida” e “Ninguém morreu ainda”.

Esta última frase, assim como o canto ameaçando Felipão, é uma referência à entrevista do técnico após a eliminação para o Internacional na Copa do Brasil. Na ocasião, após perder nos pênaltis, o treinador minimizou o impacto da derrota dizendo que “ninguém morreu”.

UOL
Imagem: UOL

A organizada divulgou ainda uma carta com críticas a Felipão, chamado de “arrogante”, ao diretor de futebol Alexandre Mattos e ao presidente Maurício Galiotte.

O Palmeiras vem de goleada na Libertadores por 4 a 0 sobre o Godoy Cruz e classificação para as quartas de final, mas passou antes por cinco partidas seguidas sem vencer na temporada. Nesse período, além da queda na Copa do Brasil, perdeu a liderança do Brasileirão para o Santos.

O elenco do Verdão fez hoje à tarde seu último treino de preparação para o dérbi. A equipe entra em campo contra o Corinthians amanhã, a partir das 19h, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena Corinthians.

Fonte